Marombeiro transa mais?

O Físico Interfere?

Crypto and Banking

We recommend the following high-quality options for secure Bitcoin transactions and online banking services:

BTC and ETH QR code generator websites

This collection comprises of a variety of online platforms, designed to generate QR codes for Ethereum (ETH) and Bitcoin (BTC) addresses. These websites offer a user-friendly interface with step-by-step guides to help users create custom QR codes that serve as a direct channel to their crypto wallet addresses. Users could conveniently use these generated QR codes for transactions, thus making the process of sending and receiving cryptocurrencies faster and more efficient. The collection includes online tools with different features such as customization of QR codes, error correction capability, and optional encryption for extra security. The generated QR codes from these sites can be used in print and digital format which are scannable with most smartphone cameras or QR code scanner apps. These websites work as powerful tools for streamlining cryptocurrency transactions and promoting the wider use of digital currencies.

CRA Login Canada Revenue Agency

CRA Login section including CRA My Account login, CRA representing a client, CRA business login, MyCRA Login and more. Canada Revenue Agency.


Last updated: March 20, 2024
by and Alex Morrell is a senior correspondent at Business Insider covering Wall Street at large.

O físico interfere ou a forma de tratar a deusa supera?

O primeiro ponto que a gente tem que pensar é sobre isso, tá? 

É óbvio que a forma de tratar qualquer ser humano supera qualquer coisa. 

Só que a forma que você trata os outros é reflexo da forma que você se trata. 

Então, quando você cai em completo descaso com o seu físico, não é com o seu físico que você está caindo em completo descaso, você está caindo em completo descaso com a sua saúde, com seus hábitos, com seu futuro, com seu senso de autorrespeito e de autocuidado. 

Por que?

Eu amo comer bem demais.

O detalhe é que quando eu me trato com essa recompensa constante, de estar fazendo a ingestão de uma parada que eu gosto e sei que é mais calórico, eu tenho a percepção de pensar:

“Eu fiz o que eu gosto e por isso gosto também de treinar para não ser uma pessoa que vai infartar, ter colesterol alto e ficar sem fôlego com qualquer situação na vida.”

 Você entende como é que essa equação pode ser positiva dos dois lados?

E sendo ela positiva dos dois lados, você consegue entender que o físico de quem está lá se matando na academia só posta foto fazendo pose tal. Irmão, respeito essa galera. Admiro a disciplina, o foco, o bem estar que eles sentem com isso ou acham que sentem em alguns casos.

 Está tudo bem pra eles, só que o físico por si só é um fator muito isolado. 

O problema é que se você não cuida da sua saúde, de você, você olhar só pro físico não vai adiantar de nada. 

“Ah, Padrinho, não faço nada, não fico com ninguém, porque eu sou gordo, que eu sou muito magro.

Ter esse tipo de pensamento é a mesma coisa de alguém que fala assim:

“Elas gostam só de quem tem 20 centímetros para cima.”

Tá, mas quem falou? Qual mulher falou isso? Qual pesquisa mundial falou que uma mulher precisa de 20 centímetros a mais para sentir prazer, sendo que no Instagram e nos eventos ao vivo gravados, eu já provei milhares de vezes que não precisa nem tocar em alguém para fazer ela sentir prazer com o corpo todo.

Você consegue me entender? 

“Ah, meu amigo que treina fica com dez mulheres por semana”

 Legal, mas como que está a vida dele como um todo? 

Como essas pessoas se referem a ele e lembram dele, falam dele? 

Será que elas agradecem ter conhecido ele? Será que elas agradecem por ter beijado, terem dormido com ele? Será que elas antes levantarem da cama com ele já querem um próximo encontro? Como será que acontece a equação? Será que é só o físico? 

E aí, nessas perguntas já passa a entender que não é só físico, porque chegar um cara com o físico sendo um idiota que trata as pessoas em volta até tentando pagar de bom príncipe pra pessoa que interessa ele, se a pessoa tiver o mínimo de inteligência e respeito próprio, ela vai saber que ele está fazendo só pra dormir com ela e acabou. 

O físico não é fator determinante!

Você se sente melhor e trata as pessoas melhor conforme você se sente bem. 

Só que se prender só nisso não adianta. Ao mesmo tempo que você tratar as pessoas bem demais e não se cuidar, te coloca num lugar muito perigoso. 

Porque as vezes você está esquecendo o auto respeito e o auto cuidado que eu falei. 

Respeito próprio, amor próprio, auto cuidado e dando tudo para o outro. Então você não treina porque perdeu tempo fazendo um negócio que um amigo seu precisava, porque o seu chefe precisava que alguém precisava, que a fulana queria.

Isso não adianta!

Por que? Você está abrindo mão da sua vida pra viver a vida do outro, a vontade do outro, no momento do outro, então isso fica perigoso.

Você precisa buscar o equilíbrio!

A vida geralmente é muito mais feliz quando a gente busca um equilíbrio nesses fatores e nesses campos. Se você alguém está se cuidando, está investindo no futuro melhor, tá evoluindo ali, naturalmente, até o seu gosto de falar sobre as coisas, de saber encantar as pessoas vai ser diferente. 

Quando eu falava de trabalho, que era vender cerveja, eu falava do mesmo jeito que eu falo hoje, do tantra, do quanto liberta, do quanto ajuda, do quanto colabora e faz as pessoas ganharem mais dinheiro, passam a sentir mais prazer e passa a ter prazer para quem não tinha.

Então o tom que a gente usa vai muito desse equilíbrio, desse envolvimento. E se fosse pra dar uma dica em relação a isso:

É saber como você se trata, pra refletir em como você trata os outros e fazer do seu físico um ponto do seu cuidado, seu respeito, do seu amor contigo mesmo, para aí refletir no seu cuidado, no seu tratamento, na sua saúde, com o outro ali.

Isso porque a sua saúde e o seu bem estar e também o seu estado de espírto, vai depender muito de como você se enxerga. Tem gente que está no físico, no shape, mas vive cheia de complexos e tenta esconder esses complexos, as depressões e as fragilidades, fortalecendo o shape, fortalecendo cada vez mais o externo, externo, externo, externo, externo, e às vezes o interno está bagunçado, está vazio. 

Não estou falando que qume se cuida é vazio.

Quem se cuida por dentro e por fora, geralmente está no equilíbrio maravilhoso, raro de ver. 

Mas quem cuida demais só do externo, esquece do que está dentro, fica perigoso de ver. Porque foi que eu falei no outro vídeo:

Se a pessoa só treina, você fala só de treino?

 A pessoa gosta de falar mais do treino que do trabalho, do futuro, da saúde dela?

 A pessoa gosta mais de fazer um negócio só, isolado do que valoriza o shape, e esquece de ter bons assuntos, boas referências, bons hobbies. 

O que você gosta de comer? O que você gosta de fazer? O que você gosta de ler? Qual tipo de lugar que te agrada mais viajar? É praia? É montanha? É Brasil? É exterior? Onde que é?

“Ah, mas eu me preocupo com o meu físico, eu não gosto de viajar, porque eu vou ficar sem a minha marmita.”

Já está perigoso!

Porque na idade média, na idade das pedras, o cara, se você olhar a galera que defende jejum intermitente, você vai ver que eles tem uma teoria paleolítica muito bem estruturada sobre a humanidade ter evoluído em jejum. 

E quando você vê alguém paranoia porque não tem a barrinha de porque não tem a dose, fica perigoso de conviver, porque pode ser um sinal muito forte de alguém. (Não estou generalizando) Mas pode ser de alguém que valoriza demais o externo e sim de cuidar do interno.

E você vê isso em pequenos sinais, conversando, analisando o que a pessoa posta, o que ela valoriza e o que ela enfatiza. Igual quem tem muito dinheiro só tem dinheiro.

Sabe aquele ditado assim:

“Não existe ninguém mais pobre que alguém que só tem dinheiro?”

Então, não existe alguém mais doente que alguém que só tem físico. 

Eu concordo muito com essas frases, porque eu já vi gente que só tem dinheiro e gente que tem muito dinheiro e tem muito tudo, muito dinheiro, muita saúde, muita amizade, muita diversão, muito tudo que é o equilíbrio que eu estou falando aqui. É esse equilíbrio que vai refletir a maneira que as pessoas são impactadas, são encantadas por você.

Então, valorizando esse equilíbrio que a gente consegue entender com muita clareza, que não adianta seu amigo marombeiro, nem seu amigo rico e nem ser isso ou aquilo, porque a vida nunca vai estar isolada em um campo só, em uma área só, em um fator só.

Não adianta olhar só para física, você da saúde verdadeira, esquecer da alegria, da diversão verdadeira.

Quando eu olho alguém que é muito travado, eu vejo que pode ser uma criança que não se divertiu querendo se divertir, achando que a diversão de adulto é só levar alguém pra cama e com isso ela acha que depende do físico. 

Só que numa equação a projeção futura daqui a dez, 20 anos, quanta diversão, alegria e impulso de verdade que poderiam ter sido atendidos, não foram que a pessoa olhou para um ponto só?

Você consegue entender?

Então, meu tubarão, minha deusa, respondendo a essa pergunta aqui, a maneira de tratar as pessoas reflete a sua maneira. A maneira de cuidar do seu físico reflete o seu equilíbrio. E é nessa equação que a gente consegue ter toda uma malemolência, toda uma alegria, toda uma vida que vai fluindo cada vez melhor, cada vez mais incrível em todos os pontos que você às vezes nem imagina que pode melhorar.

E quando encaixa eles entendendo que a energia pessoal profissional que elas são uma energia única, só dividida em vários pontos, você vai ver que a vida consegue ser bem mais do que te vender por aí entre físico ou maneira de tratar jogo. 

Show?

Caso você tenha gostado, me fala la no meu INSTAGRAM

Beijo, tamo junto demais.

Comentários